Advogado americano impetra ação de 20 trilhões de dólares contra a China e quer a prisão dos culpados

Para o advogado norte-americano Larry Klayman, o Coronavírus é uma arma biológica projetada pela China e a proliferação do vírus violou leis internacionais, tratados e normas dos Estados Unidos.

Nesse sentido, Larry Klayman impetrou ação judicial cobrando US$ 20 trilhões da China pela criação e disseminação do novo coronavírus.

Larry Klayman é um advogado ativista de direita, ex-promotor do Departamento de Justiça dos EUA e fundador de grupos de vigilância auto-intitulados Judicial Watche Freedom Watch. Foi autor de inúmeras ações contra o governo de Bill Clinton, que o levaram a ser conhecido como o "inimigo de Clinton".

Sobre a ação, Klayman argumenta o seguinte:

“O cruel regime comunista chinês, que persegue e aterroriza seu próprio povo, deve ser responsabilizado. É um regime criminoso, que arrogantemente encolhe sua responsabilidade criminal culpando os Estados Unidos e o resto do mundo livre.
Conclamo advogados de Nações de todo o mundo a se unirem aos nossos esforços para punir os culpados e colocá-los na prisão onde merecem estar. Eu também exorto todas as pessoas de boas intenções a se unirem ou seguirem e apoiarem nosso processo de ação coletiva em Dallas, Texas.
Estou reunindo ativamente uma equipe de advogados para garantir que a China, e não o contribuinte americano, pague a conta do sofrimento e da morte de humanos causada por esse estado terrorista comunista.
Também estou ajudando advogados de outras nações em todo o mundo a trazer ações legais semelhantes.”

Na petição apresentada perante o Tribunal Distrital dos Estados Unidos, o advogado relata a gravidade do Covid-19, a natureza agressiva do vírus e a sua capacidade de sofrer mutações de pessoa para pessoa, se espalhando rapidamente.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários