Jornalista da Globo debocha de cidadão que teve que fechar pequeno comércio por causa do Coronavírus

Visivelmente a decência e a boa compostura tem passado longe da Rede Globo, sobretudo do seu apreciado ‘braço’ chamado ‘Globo News’.

Não bastou o jornalista e apresentador, Marcelo Cosme, ter sido desmascarado por um cidadão enquanto passeava pela praia, usando como justificativa ‘não ser do grupo de risco’, agora foi a vez de outra jornalista do canal escancarar a sua hipocrisia.

A jornalista Leilane Neubarth, que é âncora do Jornal GloboNews, teve suas publicações viralizadas nas redes sociais nesta quinta-feira, 9. Tudo aconteceu após ela anunciar que estaria no programa ‘Estudio i’ para falar sobre o fechamento do Copacabana Palace, um hotel histórico localizado em frente à Praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro.

Na publicação de Leilane, um internauta escreveu:

“Fala do self-service do meu amigo Toninho Bocão também. Ele fechou desde a semana retrasada e não sabe como irá alimentar a família a partir de hoje”.

Confira:

Esdrúxula, a apresentadora respondeu com a seguinte mensagem:

“Ele é importante para a economia do Estado do Rio como o Copacabana Palace? Se for falamos…”

Confira:

Infelizmente você não leu errado.

Por consequência, a jornalista levou uma saraivada de críticas:

“Não, ele é um pobre, pai de família! Que precisa comer e alimentar seus filhos, como você! E, infelizmente, ele não pode pagar um comercial na GloboNews! Mas se ele tivesse morto por covid-19, você falaria!”, disse o internauta Júlio Tavares.
“Mentira que você respondeu isso”, disse espantada internauta Luciana Fleury.

Qual o limite da hipocrisia global?

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários