Noeli de Carvalho e Silva

Editora - Jornalista e Produtora de Moda - Poetisa - Escritora de Fábulas, Contos, Estórias e Poemas Infantis.

Araras monocromáticas organizam e atraem mais


Criar uma arara atrativa, organizada e que cause um ótimo efeito visual, daquele tipo de encher os olhos, pode parecer uma tarefa não muito fácil, para as proprietárias de lojas e boutiques de moda. O ideal é que elas tenham uma orientação de um expert ou consultor, que ministre noções básicas, para criar uma harmonia na composição e mostra dos seus estoques expostos.




Tive a ideia de esclarecer este tema, que normalmente, deixa margem há muitas interpretações, a partir do questionamento de uma simpática proprietária de uma boutique, que conheci quando entrei para bisbilhotar sobre as roupas, que achei interessantes expostas em sua loja. Quando elogiei algumas peças e trocamos comentários sobre tendências e ela sabendo desta minha coluna, me pediu uma consultoria sobre este assunto, sobre o qual ela tinha tantas dúvidas.



Comecei explicando a ela que cores monocromáticas como brancas, gelo, crus, nudes, areias, cremes e beges e suas nuances devem ser colocadas juntas.



Os demais tons vão sendo separados pelas suas cores e predominâncias, obedecendo os seus tons degradês, ou seja, azuis com azuis: claro, bebê, azul turquesa, azul royal, azul escuro, azul marinho e azul petróleo.



Seguindo o mesmo raciocínio verdes com verdes, amarelos com amarelos, laranjas com laranjas, vindo na sequência os vermelhos, vinhos, marrons claros e escuros e tons café.



Os tons rosas acompanham padrões rosas e rosados. Seguindo a mesma linha vem os lilás acompanhados dos roxos e  os cinzas, pretos (pretos e brancos) podem ficar unidos fazendo uma bela composição e parceria e isso se aplica para vestidos, calças, shorts, blusas, camisetas, casacos e blazers.



Roupas douradas, prateadas e bronze podem ser colocadas na mesma arara com seus tons em degradê.

Esta mesma ordem estampada, floral ou minimalista pode ser usada para acessórios como bijuterias, sapatos e bolsas, permitindo que não haja poluição visual, já que as cores se seguem, podendo ser intercaladas por peças minimalistas ou lisas.




E as bijoux obedecem a mesma disposição de cores usadas para compor as araras de looks. 

Ponto de vista:




Pela própria exigência feminina, as clientes procuram quando entram numa loja de roupas, peças bonitas, de qualidade, com preço relativamente acessível e que cause impacto visual. Estes elementos unidos não deixam de ser uma estratégia de marketing que desperta o interesse de quem procura em um  só lugar, vários atrativos simultâneos, que unidos ao valor de mercado, oportunizam vendas rentáveis.

A eterna propaganda boca a boca acaba aquecendo as vendas pela satisfação de um ótimo atendimento, que precisa fluir, a partir da hora em que a cliente entra, para conhecer mais de preto, o que cada loja  tem de melhor para oferecer, a sua clientela em potencial.




Mais informações sobre a moda poderão ser adquiridas no http://www.anjinhadamoda.com/

Por hoje é só. Até o nosso próximo encontro falando de outro tema importante da moda. Espero vocês. Até lá.

Jornalista Noeli de Carvalho e Silva

                                                   https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

Noeli de Carvalho e Silva

Editora - Jornalista e Produtora de Moda - Poetisa - Escritora de Fábulas, Contos, Estórias e Poemas Infantis.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Noeli de Carvalho e Silva

Comentários

Notícias relacionadas