PMs de SP dão “lição” em Dória e se colocam contrários a prisão para quem desobedecer o isolamento

Ler na área do assinante

Não será nada fácil para o governador de São Paulo implantar a malfadada “DitaDória”.

A Associação dos Policiais Militares do estado, entidade que representa os oficiais da PM paulista, em nota oficial, declarou-se contrária à prisão “de brasileiros que não acatarem a recomendação de governos estaduais ao isolamento social” diante da pandemia de covid-19.

A entidade ainda dá uma lição no governador, esclarecendo que o isolamento é uma ‘recomendação, não uma ordem’.

E complementa a lição citando o texto constitucional:

“Segundo o artigo 139 da Constituição, somente com a decretação do Estado de Sítio, pelo Presidente da República, após autorização do Congresso Nacional, é que a pessoa poderá ser impedida de circular”.

E agora Dória?

da Redação
Ler comentários e comentar