Inexplicavelmente, Witzel compra respiradores pelo dobro do preço

A pandemia de coronavírus parece não ter poderes para evitar um outro mal, o superfaturamento.

Na última semana, o governo do Rio de Janeiro, adquiriu respiradores por mais que o dobro do preço atual de mercado.

Segundo informações, em uma das negociações, entre o RJ e a empresa A2A Comércio, foram adquiridos 300 ventiladores pulmonares, por incríveis R$ 198 mil.

Quem emitiu a informação originalmente foi o jornal Correio da Manhã, no dia 7 de abril.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde foi aberta uma auditoria para analisar a extensa variação de valores nos produtos.

O governador Wilson Witzel tentou justificar e, em uma série de publicações, disse que 'no momento há falta de produtos médicos para combater a Covid-19 no mercado, além de um leilão internacional, que vem elevando todos os preços'.

“O respirador, que custava US$ 9.000, já flutua no mercado entre US$ 40.000 e US$ 60.000, nesse absurdo leilão”, escreveu Witzel.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários