Caio Coppolla analisa a polêmica entrevista de Mandetta no Fantástico: “entrevista produzida, propaganda” (veja o vídeo)

O comentarista Caio Coppolla, de brilhante passagem na Jovem Pan e atualmente comentarista do “Grande Debate”, da CNN Brasil, publicou em seu "Boletim Coppolla", a sua análise sobre a polêmica entrevista que o ministro da Saúde, Luis Henrique Mandetta, deu ao programa Fantástico, da Rede Globo.

inicialmente, ele destacou o fato da entrevista ser formatada no sentido de dar uma visão humanista do ministro, mostrando que a produção teve acesso até a fotos do ministro em momentos familiares, dando um ar intimista à entrevista.

Eis alguns questionamentos:

Por que a entrevista na Rede Globo, uma emissora declaradamente inimiga ferrenha do presidente Bolsonaro?

Por que o ministro estava concedendo entrevista dentro do palácio do governo de Goiás, onde o governador Ronaldo Caiado, é outro inimigo declarado do Presidente?

Por que o jornalista não o colocou contra a parede e fez perguntas mais contundentes, mas somente perguntas de ‘compadre’?

Coppola comentou também a infeliz declaração do ministro, dias antes da entrevista ao Fantástico, onde ele disse ser necessário fazer parcerias com os traficantes para o combate ao coronavírus. Tal declaração é uma afronta ao estado de direito e uma declaração de completa ineficácia do Estado. Esse pronunciamento repercutiu muito mal, até internacionalmente.

Mandetta está enfrentando o presidente, e ao mesmo tempo posa de bonzinho para a sociedade.

Os adversários de Bolsonaro já viram no ministro um possível aliado e estão utilizando a estratégia de dividir para conquistar, e Mandetta está aceitando, numa demonstração de seu péssimo caráter.

Sua situação está ficando insustentável e pelo andar da carruagem, deve ficar pelo caminho brevemente.

Confira a vídeo da análise de Caio Coppolla:

Everson Leal

Radialista

Comentários