O portal National Review aponta questionamentos sobre a origem do "vírus chines"

Inúmeras teorias, suposições e especulações sobre a verdadeira origem do Covid-19 em solo chinês estão vindo à tona.

Entretanto, a verdade continua sendo uma incógnita, como sempre acontece com informações vindas do país asiático.

Mesmo com reportagens apontando como possível origem da doença um mercado de animais silvestres em Wuhan, não há evidências concretas de que isso aconteceu de fato.

Dentro do próprio regime chinês há uma especulação de que Pequim poderia ter lançado uma ‘arma biológica’ que resultou na pandemia.

O que há de concreto até o momento - segundo um estudo publicado na revista Nature Medicine - é que o coronavírus evoluiu em um animal e posteriormente foi transmitido para os seres humanos.

Entretanto, com a doença atingindo o mundo todo, estudos foram feitos com passar dos meses e evidências circunstanciais de que o vírus pode ter origem em um laboratório de Wuhan estão se acumulando.

Especulações apontam que a proliferação pode ter sido acidental.

O portal National Review publicou uma reportagem investigativa do jornalista Jim Geraghty documentando uma série de evidências que poderiam comprovar as especulações.

A reportagem destacou:

  • Anúncios de emprego no Instituto de Virologia de Wuhan, em dezembro de 2019, para cientistas estudarem coronavírus em morcegos;
  • Alerta de que novos vírus foram descobertos no laboratório;
  • Quando soube do surto, uma virologista chinesa conhecida como “Mulher-Morcego” ficou preocupada de que o vírus tivesse saído de seu laboratório;
  • Instituto de Virologia de Wuhan nega a existência da pessoa que seria supostamente a “paciente zero“, uma estudante de graduação chamada Huang Yanling.
  • Informações sobre Huang Yanling foram removidas do site do laboratório;
  • Apesar de o instituto afirmar que ela está em boa saúde, o paradeiro da estudante é desconhecido;

Para enfatizar ainda mais os argumentos apresentados, logo após a reportagem, o regime da China decidiu impor restrições à publicação de artigos científicos sobre a origem da pandemia.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários