A turma da “resistência”, o “modus operandi” criminoso, o linchamento moral e a destruição de reputações

Não importa o nome, a profissão e a conta bancária, qualquer um que demonstrar apoio ao presidente será destruído pela mídia que comanda um grupo de raivosos esquerdistas.

Fizeram isso com cantores sertanejos, com jogadores de futebol, artistas, jornalistas, empresários e anônimos. Mas isso você já sabe, né? Não é nenhuma novidade que o linchamento moral faz parte da “resistência”, ou seja, é quase pedagógico: Quanto mais assistirmos um indivíduo ser castigado, menos coragem teremos de repetir a sua atitude (mesmo que a atitude dele tenha sido apenas discordar de quem comanda os cérebros entupidos de conteúdo televisivo).

Mas sabe o que ainda me surpreende?

O fato de VOCÊ se deixar levar por algo que VOCÊ mesmo diz combater...

Você conhece o “modus operandi” dos criminosos e mesmo assim os ajuda?

Quando é que VOCÊ vai entender que eles são minoria e que precisam da TUA AJUDA para espalhar o que eles falam e engrossar o caldo de enxofre?

Não adianta subir #, nem bater panelas, muito menos buzinar nas ruas, se você ainda assiste a Globo e espalha as narrativas que eles criam, só pra demonstrar que também tem opinião sobre o assunto!

Faça críticas sem compartilhar a notícia deles, não dê visualizações, não dê cliques, não dê IBOPE! Ignore os gritos e siga em frente.

Estamos atravessando o inferno e você quer parar pra conversar com os nativos do local?

Quando é que VOCÊ vai entender a sua importância nessa guerra midiática?

NÃO ENGROSSE O CALDO DAS ESQUERDAS!

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários