assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Uso da hidroxicloroquina precoce diminui em 65% as internações em hospital especializado em idosos

Ler na área do assinante

Até o final de março, 58% dos falecimentos pelo Covid-19 na Capital paulista tinham ocorrido no Hospital do Plano de Saúde Prevent Senior, especializado em idosos.

Então, o hospital resolveu mudar o seu protocolo de atendimento. Apostou no remédio defendido pelo presidente Jair Bolsonaro.

O Prevent Senior iniciou a utilização precoce de Hidroxicloroquina (400 mg duas vezes ao dia por sete dias) com Azitromicina (500 mg uma vez ao dia por cinco dias) em pacientes com quadro clínico de Covid.

Com isso, reduziu em 65% as internações.

De um total de 412 idosos que autorizaram a prescrição dos medicamentos, apenas 1,9% necessitaram de internação.

Um resultado excepcional.

O trabalho avaliou a evolução da doença em 636 pacientes. Após verificar os primeiros sintomas, o hospital sugeriu o tratamento com Hidroxicloroquina associada à Azitromicina.

Do total, 412 (64,7%) autorizaram a prescrição dos medicamentos. Os 224 restantes preferiram não tomar as substâncias.

Os resultados foram muito diferentes entre os dois grupos. Dos 412 pacientes que utilizaram os remédios recomendados, 1,9% precisaram ser internados.

Já no grupo dos 224 pacientes que não quiseram tomar a Hidroxicloroquina associada à Azitromicina, 5,4% tiveram de ser hospitalizados.

Fonte: Gazeta do Povo

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários