assinante_desktop_cabecalho

Decreto de governador petista joga no lixo a Constituição e põe em risco a propriedade privada, sob pretexto da pandemia

Ler na área do assinante

O país transformou-se numa verdadeira esculhambação, por obra do nosso Supremo Tribunal Federal (STF), que criou 27 pequenos ditadores.

Desmandos, arbitrariedades e atitudes eivadas de ilegalidades estão se somando dia a dia. Um absurdo!

Isso sem se falar nos casos escabrosos de superfaturamento e corrupção.

E vem do Piauí, uma notícia estarrecedora.

O governador petista não respeita mais a propriedade privada.

Sob pretexto de se combater o coronavírus, Wellington Dias autorizou que agentes da defesa civil ou autoridades responsáveis pelo combate ao novo coronavírus entrem na casa das pessoas “para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação”.

O decreto do pequeno ditador diz que isso poderá ocorrer ‘em caso de risco iminente’.

O decreto também estabelece que as autoridades poderão “usar de propriedade particular, em caso de iminente perigo público, assegurado ao proprietário indenização ulterior, se houver dano”.

Diz ainda, que propriedades particulares localizadas em “áreas de risco” serão trocadas por outras situadas em “áreas seguras”.

E, mais grave, na desapropriação, o governo estadual levará em conta a “depreciação e desvalorização” da edificação no local inseguro no momento de pagar pela propriedade.

Noutras palavras, o governo pretende desapropriar o que quiser e pagar o que bem entender.

Estamos no limite.

Urge reestabelecer a ordem.

Fonte: O Antagonista

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Notícias relacionadas

Ler comentários e comentar