Abortistas sofrem derrota no STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) já formou maioria para rejeitar a ação que pedia liberação do aborto em gestantes infectadas pelo zika vírus.

A votação ainda está sendo realizada no plenário virtual da corte, mas já foram contabilizados votos suficientes para rejeitar a ação proposta pela Associação Nacional dos Defensores Públicos.

A relatora, ministra Cármen Lúcia, votou pela rejeição da ação.

Até a noite deste sábado (25), acompanharam o entendimento da relatora, os ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Dias Toffoli, contabilizando 6 votos e estabelecendo a maioria.

Houve uma intensa mobilização da sociedade nas redes sociais contra o pleito dos defensores públicos.

Deu resultado!

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários