Generosidade e lealdade: Bolsonaro oferece proteção a Moro

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deu uma aula sobre o que é ser generoso, ter humildade e compromisso, pois determinou ao Ministério do Gabinete de Segurança Institucional, manter a segurança do ex-ministro Sérgio Moro por no mínimo mais seis meses.

A iniciativa, não é obrigatória, na medida em que Moro não faz mais parte do Governo Federal, entretanto, se mostra necessária e Bolsonaro soube visualizar o fato de forma imparcial e honrando seu compromisso de lealdade.

O deputado federal, Capitão Augusto, chegou a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) proteção ao ex-juiz da Lava Jato, alegando que Moro “pode ser alvo de ataques contra sua integridade física e de sua família, tendo em vista sua atuação como juiz na Operação Lava Jato e também as ações desenvolvidas à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública”.

O chefe do Executivo não se manifestou publicamente sobre o assunto e provavelmente não irá.

Não faz diferença, pois os atos falam por si só.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários