Na presença de ministros do STF, Bolsonaro critica Moraes e afirma que não desistirá de Ramagem (veja o vídeo)

Na tarde desta quarta-feira, 29, o presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, pela suspensão da nomeação de Alexandre Ramagem como novo diretor-geral da Polícia Federal e afirmou que não irá desistir de ‘honrar’ Ramagem com o cargo.

Na presença do ministro Gilmar Mendes e do presidente do STF, Dias Toffoli, Bolsonaro condenou a decisão.

O presidente da República salientou que respeita o poder Judiciário e suas decisões e sobretudo respeita a Constituição.

“O senhor Ramagem, que tomaria posse hoje, foi impedido por uma decisão monocrática de um ministro do STF”, disse.

Bolsonaro reiterou que não irá desistir da nomeação.

Confira:

da Redação

Comentários