O alerta da ONU: Crise econômica pode matar centenas de milhares de crianças em 2020

O mês de abril encerrou marcado por um importante alerta da Organização das Nações Unidas (ONU).

Centenas de milhares de crianças podem morrer em 2020 por causa da crise econômica global provocada pela pandemia do novo coronavírus. Além disso, a situação pode fazer com que dezenas de milhões de pessoas ingressem na linha de extrema pobreza.

A informação divulgada pela agência de notícias Reuters, diz ainda que “a ONU em um relatório de risco aponta que quase 369 milhões de crianças de 143 países que normalmente dependem de refeições escolares agora foram forçadas a procurar outro lugar para se alimentarem.”

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterrez, declarou o seguinte:

“Devemos agir agora em cada uma dessas ameaças a nossas crianças. Os líderes devem fazer tudo o que estiver ao seu alcance para reduzir o impacto da pandemia. O que começou como uma emergência de saúde pública se transformou em um teste para a promessa global de não deixar ninguém para trás.”

Com as empresas fechadas e mais de um bilhão de pessoas tendo de ficar em casa para evitar a propagação do vírus, o Fundo Monetário Internacional previu que o mundo sofrerá neste ano a maior desaceleração desde a Grande Depressão da década de 1930.

Fonte: O Globo

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários