assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

A “chantagem” do “bonequinho de cera”

Ler na área do assinante

João Dória disse que, como o Estado não está cumprindo a meta de isolamento, que é de 50%, não será possível flexibilizar a quarentena. Aproveitou a oportunidade, claro, para criticar Bolsonaro e responsabilizá-lo pela não obediência do povo paulista.

Entenderam, amiguinhos? O titio só vai liberar o povo do castigo, depois que todo mundo obedecer o que ele manda.

Pra um cara que passou toda a vida dentro do armário, mais um ou dois meses em casa não são nada.

O bonequinho de cera, com sua total incapacidade de pensar como "povo", não entendeu que as pessoas não estão indo para a rua por influência do Presidente, mas por NECESSIDADE. Estão, sim, preocupadas com a saúde, mas também estão preocupadas em colocar comida no prato. A letalidade da fome é muito maior que a do vírus.

Cabe, então, à própria população tomar o controle da situação e mostrar que TIRANIA SE COMBATE COM DESOBEDIÊNCIA CIVIL. Caso contrário, o maior estado da federação, a locomotiva do Brasil, vai sucumbir aos desmandos deste asqueroso projeto de tiranete.

LAVEM AS MÃOS E ABRAM OS OLHOS.

"Quando a lei é injusta, um homem não apenas está certo em desobedecê-la; ele é obrigado a fazê-lo" (JEFFERSON, Thomas)

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários