Folha ataca Weintraub e toma invertida

Tem sido cotidiano os ataques da Folha de S.Paulo contra o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Nesta sexta-feira, 8, não foi diferente.

O jornal publicou matéria afirmando que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, 'xingou' o Supremo Tribunal Federal (STF) na última reunião ministerial que aconteceu na presença do ex-ministro Sérgio Moro.

A Folha supõe que este seria um dos motivos pelo qual o Governo ‘não queira divulgar o vídeo do encontro'.

“Weintraub xinga STF em vídeo de reunião que Planalto não quer mostrar”, diz manchete da Folha.

Confira:

Rapidamente, Weintraub tratou de responder o jornal e o colocou em seu devido lugar. Sem precisar citar nomes, disparou:

“Há muito ‘jornalista’ dizendo que eu xinguei fulano, beltrano e siclano. Tenho muitas horas de entrevistas duras e inúmeros debates no Congresso (onde eu fui sim xingado).”

O ministro ainda lançou um desafio em suas redes sociais.

“Desafio a apontarem um único palavrão que eu tenha proferido”, escreveu Weintraub.

E finalizou:

“Posso ser contundente, porém, sou bem educado.”

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários