assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Vídeo da última reunião entre Bolsonaro e Moro foi entregue ao STF

Ler na área do assinante

Na noite desta sexta-feira, 8, a Advocacia-Geral da União (AGU) entregou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o vídeo da última reunião do presidente da República, Jair Bolsonaro, com o ex-ministro Sérgio Moro e demais ministros de seu governo.

A gravação foi entregue ao ministro do STF Celso de Mello, que imediatamente o colocou em sigilo temporário.

“Determino que incida, em caráter temporário, a nota de sigilo sobre o HD externo encaminhado a esta Corte, no dia de hoje, pelo Senhor Advogado-Geral da União, mediante petição protocolada sob o nº 29.860/2020”, determinou Celso de Mello.

A AGU garantiu que vídeo entregue ao STF “contém o inteiro teor” da reunião, “sem qualquer edição ou seleção de fragmentos”.

Agora, o STF aguarda um parecer oficial da Procuradoria-Geral da República (PGR) para decidir o que fará com a gravação e com os demais elementos que existem dentro de todo o imbróglio criado com a demissão de Sérgio Moro.

Ao que tudo indica, finalmente todas as questões levantadas serão esclarecidas e a extrema-imprensa, que vinha fazendo inúmeras suposições sobre o conteúdo do vídeo, mais uma vez sairá desmoralizada.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários