Ataque racista de jornalista de O Globo contra o presidente da Fundação Palmares recebe resposta

O jornalista Alcelmo Góis do jornal O Globo - ex-integrante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) - cometeu um ataque indecente e criminoso contra o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

Em sua coluna, Ancelmo Góis comparou Camargo com uma cadela.

Pura mediocridade. Um crime.

Eis a nota do insano global:

Camargo respondeu em apenas cinco linhas:

“O Dr. Silva Neto, meu advogado, acionará Ancelmo Gois na Justiça pelo ataque racista contra minha honra. A direita comete grave erro quando deixa barato. A impunidade é um incentivo para os racistas da esquerda. É preciso forçá-los a nos respeitar com processos e indenizações.”

Vale lembrar que o mesmo Camargo já tem um processo contra o jornalista Marco Antonio Villa, outro desbocado difamador e racista, que o chamou de “negro nazista”.

Assim, vai colecionando ações e futuras indenizações.

Tem que fazer arder no bolso dessa gente.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários