Situação de Marcelo Odebrecht fica pior. Moro decide que documentos da Suíça serão válidos no Brasil

Em mais um oportuno despacho, o Juiz Sergio Moro atendeu o pleito do Ministério Público Federal e decidiu que as provas coletadas via acordo de cooperação com a Justiça suíça poderão ser utilizadas no processo que investiga pagamento de propinas pela Odebrecht no exterior.
Na tentativa de burlar a legislação brasileira a Odebrecht pagava propinas por meio de empresas offshore controladas pela empreiteira e se destinavam a diretores da Petrobras, que também usavam offshores para receber os valores. 
Em seu despacho, Moro esclareceu que como não houve decisão da Corte Suíça obstaculizando a utilização dos documentos e as provas foram produzidas sem que houvesse qualquer tipo de violação de direitos fundamentais de investigado ou acusado, tais provas devem ser consideradas válidas.
Moro ainda observou que a Odebrecht busca, por meio de seus executivos e advogados, "apenas ganhar mais tempo", e restabeleceu o prazo para as alegações finais da defesa da empreiteira no processo.
A partir desta quinta-feira (11), a Odebrecht terá dez dias para tomar conhecimento da decisão de Moro e, depois da ciência, mais sete dias para apresentar sua defesa final a respeito das provas obtidas via Suíça.
da Redação

                                 https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça