“Aras no STF”: Mera especulação da Folha é notável “Fake News”, visando constranger o PGR

A Folha de S.Paulo publica nesta segunda-feira (11) que o presidente Jair Bolsonaro avalia indicar o procurador-geral da República, Augusto Aras, para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Isso é um notável Fake News.

É o jornalismo canhestro tentando constranger uma autoridade, no caso o procurador.

A Folha, inclusive, afirma que “o presidente avaliou que Aras é um bom nome, mas disse que uma indicação dependerá de sua postura em relação ao governo até o ano que vem (...)”.

Parece clara a maldade da ‘notícia’.

Mais a frente, o jornal diz que “a atuação do procurador-geral tem, no geral, agradado o presidente, que costuma se referir a Aras, de acordo com assessores presidenciais, como um aliado estratégico de sua gestão.”

Isso não é jornalismo.

E “O Antagonista” pega carona na picaretagem da Folha e conclui o seguinte:

“O aliado estratégico precisa engavetar o quanto antes o inquérito sobre os abusos do presidente na PF.”

Isso é conluio.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários