Twitter e a franca decadência de mais uma rede social

O fenômeno das redes sociais cotidianamente dá demonstrações de dinamismo e de que é absolutamente implacável, fazendo com que as novidades se sobreponham rapidamente ao que não se aprimora.
Claro exemplo é o Twitter, enfrentando iminente e anunciada decadência. 
A rede social anunciou nesta quarta-feira (10) nova perda de US$ 521 milhões em 2015. Em 2014 a perda houvera sido ainda um pouco maior, US$ 577 milhões.
Os resultados foram mal recebidos pelos investidores, que penalizaram as ações com uma queda de mais de 7% no período de cotação extra após o fechamento de Wall Street.
Apesar de seus esforços, a empresa não conseguiu aumentar nos últimos meses o número de usuários, um número fundamental para os investidores. O que, poi si só, nos tempos atuais, é clara demonstração de declínio. Além disso, os usuários que ainda permanecem, diminuíram sobremaneira a utilização da rede social.
O Twitter, por sua vez, informou também que começará a selecionar e mostrar os conteúdos mais relevantes para cada usuário, um movimento de "cura" com o qual põe um fim na estrita ordem cronológica com a qual estruturava sua timeline.
A mudança, que foi criticada pelos usuários mais assíduos do Twitter desde que começou a ser preparada, será opcional: a rede social esclareceu que a visualização desse conteúdo selecionado poderá ser desativada.
da Redação

                           https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades