Bolsonaro divulga mensagem de WhatsApp e desmoraliza narrativa de Moro

Ler na área do assinante

A imputação feita pelo ex-ministro Sérgio Moro, no sentido de que o presidente Jair Bolsonaro teria tentado interferir na Polícia Federal, além de já ter sido rechaçada pelo próprio delegado Maurício Valeixo, ex-diretor-geral do órgão, cai por terra definitivamente ante o conteúdo de uma mensagem de WhatsApp trocada entre Moro e a deputada Carla Zambelli.

O próprio Bolsonaro divulgou esse conteúdo em suas redes sociais.

Veja abaixo:

Devidamente autorizado pela Deputada Carla Zambelli divulgo mensagem trocada entre ela e Sérgio Moro no dia 24/abril (lembro que Moro divulgou para a TV Globo, outra conversa tida com Zambelli sem autorização da mesma).
20 minutos antes de sua coletiva o ex-ministro afirma que NÃO pediria demissão, caso o Presidente revogasse a exoneração do Delegado Valeixo.
Fica claro que, com a possível revogação do decreto de exoneração, qualquer "interferência" por parte do Presidente deixaria de existir.
GAME OVER, pelo próprio Zap de Moro.

Faz todo sentido a argumentação de Bolsonaro.

Eis o print da mensagem:

da Redação
Ler comentários e comentar