assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Coveiro se recusa a enterrar vítima de Covid-19 (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A perda de um ente querido é sempre muito dolorosa para a família.

Imagine nessa época de pandemia, perder um parente próximo e na hora de enterrar, os coveiros do cemitério municipal se recusarem a fazer o enterro.

Foi o que aconteceu em Cariacica, um município da Região Metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo, nesta sexta feira, dia 15 de maio.

Segundo as normas vigentes no estado, não está sendo permitido às famílias nem mesmo velarem seus mortos, para evitar aglomerações.

O taxista José Inácio da Silva Filho, de 39 anos, era portador de um câncer e fazia tratamento.

Por isso, sua imunidade já era muito baixa, devido à agressividade dos fortes medicamentos que tomava.

De acordo com a família, José tinha se submetido a uma cirurgia no cérebro e estava se restabelecendo em casa, quando apresentou febre alta.

Foi encaminhado ao hospital Jayme Santos Neves, que é referência em COVID-19 e seu teste deu positivo.

Ele ficou internado em UTI, mas não resistiu e faleceu.

Segundo consta em seu atestado de óbito, José Inácio faleceu devido a COVID 19, falência respiratória e neoplastia maligna do encéfalo.

Enterro

De acordo com o Marílio Mendonça da Silva, irmão da vítima, assim que chegaram ao cemitério municipal no bairro Nova Rosa da Penha I, ele e os funcionários da funerária foram comunicados pelos coveiros, que eles mesmos é que deveriam enterrar o corpo, pois os coveiros não iriam colocar as mãos no caixão, alegando terem sido orientados pela prefeitura para assim procederem.

Os poucos familiares que estavam presentes protestaram e chamaram a polícia.

Então dois coveiros resolveram fazer os procedimentos necessários, mas o terceiro, além de se recusar, ainda foi embora do local de trabalho. O fato foi gravado pelos familiares e disponibilizado na internet.

Prefeitura

A prefeitura se limitou a divulgar uma nota lamentando, e dizendo que vai abrir processo administrativo.

Veja o vídeo desse absurdo:

Everson Leal

Radialista

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários