Mestre em direito público constata: "O poder foi usurpado pelo STF" (veja o vídeo)

Em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online, Renato R. Gomes, mestre em Direito Público, comenta as ações do Supremo Tribunal Federal.

De acordo com o especialista, hoje o STF interpreta a Constituição manipulando princípios e desprezando regras.

“Eles pegam a expressão ‘guardião da Constituição’ e fazem uma manipulação semântica. Quando você interpreta que o STF tem a última palavra sempre, passa-se por cima do poder executivo, de fazer valer sua independência. Quando o presidente da República tomou posse, garantiu o compromisso com a Constituição e a democracia. Como ele vai fazer isso, se é obrigado a engolir tudo que se faz com essas interpretações? Quando o presidente da República se submete a ilicitudes, achando que, só por vir do Supremo, devem ser cumpridas, ele parte do princípio que juízes não erram, e juízes erram, erram muito”, apontou Gomes.

Para Gomes, o estado de Direito já foi subvertido, não vivemos mais em uma democracia.

“A soberania popular foi usurpada pelo STF, por essa forma como eles manipulam o Direito, e o silêncio dos especialistas é gritante”, criticou.

De acordo com o mestre em Direito Público, hoje a gente vive uma ditadura da toga escancarada, com braço armado de governadores e prefeitos de oposição, e com a Polícia Federal fora do comando da presidência da República.

“E pior, as Forças Armadas hoje têm uma visão anacrônica, de que só cabe a elas entrar e fazer o que tem que fazer, caso haja quase que uma guerra civil. Elas não compreenderam que o golpe institucional foi dado por dentro, pela fraude institucional, pela manipulação do Direito”, destacou Gomes.

Assista a entrevista completa:

Confira mais sobre Direito no site de Renato R. Gomes: Clique Aqui

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários