Obediência a Antonio João foi determinante para desmoralização de vereador

A população das 'Moreninhas' promoveu um verdadeiro linchamento moral do vereador conhecido como Chiquinho Telles, que foi eleito justamente com os votos dos moradores deste que é possivelmente o mais populoso bairro de Campo Grande.
Na noite de quinta-feira (11), no evento de inauguração do UPA Joel Rodrigues Rocha, na Moreninha III, quando foi fazer uso da palavra, Chiquinho Telles recebeu vaias ensurdecedoras, gritos e xingamentos das pessoas presentes, mas o que mais chamou atenção foi a verdadeira ira das pessoas com relação  ao parlamentar. Uma coisa visível no olhar de cada um dos moradores que compareceram ao evento.
Representante do bairro na Câmara Municipal, Chiquinho Telles é acusado e está sendo investigado por ter supostamente recebido dinheiro do empresário João Amorim, para votar pela inescrupulosa cassação do prefeito Alcides Bernal.
Entretanto, a maior revolta constatada pela reportagem do Jornal da Cidade, prende-se ao fato de que o vereador fez a opção de dedicar o seu mandato para atender os caprichos inconfessáveis do empresário Antonio João Hugo Rodrigues, dono do decadente jornal 'Correio do Estado'.
Para os moradores, a opção de Chiquinho Telles é sinônimo de quem quer andar ao lado do que existe de mais execrável no jornalismo e na política de Mato Grosso do Sul e uma traição aos eleitores que lhe confiaram o voto.
Tudo indica que sua carreira política vai durar apenas um único mandato.
Lívia Martins
Faça contato e envie denúncias para: liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

                            https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco MS