assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Ministro da Justiça aguarda decisão do STF para quebra de sigilo telefônico dos advogados de Adélio (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Neste domingo, 17, o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou que tem esperanças de que o caso Adélio Bispo de Oliveira possa ter andamento brevemente.

Para isso, o ministro aguarda uma decisão favorável do Supremo Tribunal Federal (STF), com relação a quebra do sigilo telefônico dos advogados do autor da facada que quase tirou a vida do presidente Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral, em 2018.

“Uma das vertentes importantes dessa investigação ainda não pode ser efetivada justamente por essa indefinição judicial sobre a viabilidade desse acesso ou não ao telefone dos advogados”, disse Mendonça, em entrevista ao programa “Poder em Foco”, do SBT.

Segundo o ministro, a decisão deve ser o mais rápido possível, para a própria segurança do presidente.

“Até porque se há algum mandante, se há algum agente externo que tenha motivado ou contribuído para o ato do Adélio, essa pessoa está solta e certamente coloca o presidente da República numa situação de maior risco”.

Aliás, é inconcebível que o STF ainda não tenha dado uma decisão favorável ao presidente Jair Bolsonaro, nesse caso.

Uma inadmissível indecência.

Um desrespeito ao chefe da nação e ao povo brasileiro.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários