O que teme Freixo para atuar contra a entrada da PF no caso Marielle? (veja o vídeo)

O deputado federal Marcelo Freixo, do Psol, em uma conversa com o youtuber de nome Felipe Neto, durante uma live em suas redes sociais, faz uma revelação intrigante.

Entre os inúmeros assuntos, uma declaração específica do parlamentar chama a atenção.

Freixo afirma que não quer que a investigação do caso Marielle Franco siga para a esfera federal, ou seja, doravante seja realizada pelo Polícia Federal

“Dia 27 o STJ (Superior Tribunal de Justiça) vai julgar se federaliza ou não o caso da Marielle. Nós não queremos, nós amigos, a família, a viúva, todo mundo. Nós não queremos que federalizem o caso”, disse Freixo.

Segundo o psolista, caso seja federalizada, as investigações estariam nas mãos do “Governo Bolsonaro”.

“Não dá pra botar nas mãos do Governo Bolsonaro o caso Marielle, o que é óbvio, não preciso perder tempo aqui explicando”, argumentou, sem explicar nada.

Absurdo.

A PF, como se sabe, é uma instituição autônoma.

Não fosse, não teria prendido tantos petistas em pleno governo Dilma.

Aliás, o vídeo da reunião ministerial exibido nesta sexta-feira (22), parece demonstrar com clareza que Bolsonaro não tem quanquer interferência na PF.

Assim, fica o questionamento: Afinal, o que tanto teme Marcelo Freixo?

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários