assinante_desktop_cabecalho

Jornalistas da GloboNews tentam jogar Teich contra Bolsonaro e levam invertida: “Desserviço” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Neste domingo (24) o ex-ministro da Saúde Nelson Teich, concedeu entrevista à GloboNews, e provocou discussões acaloradas quando foi importunado pelos jornalistas da emissora.

Teich chegou a questionar o trabalho de um dos jornalistas e afirmou que o tipo de indagação, por parte da emissora, era um “desserviço”.

“Tudo o que você está falando, a gente já faz, as ações existem, estão acontecendo, não sei de onde você tá tirando que não existem ações. Lamento que você pense assim e eu lamento que você fale isso em uma televisão como essa. É muito ruim pra sociedade, isso é um desserviço pra sociedade”, detonou.

Para o ex-ministro, os entrevistadores estavam misturando a “cloroquina com o isolamento”.

O jornalista Valdo Cruz, ao fazer uma pergunta, insinuou que Teich era contra o isolamento vertical. O ex-ministro, não perdoou a 'importunação' do global e detonou:

“Eu preciso que você fale o que eu disse e não o que eu não disse. Eu preciso que vocês digam que eu sou a favor de um isolamento mais seletivo, nem vertical, nem horizontal. Você vai estar fazendo uma coisa que não é boa para o Brasil, que é polarizar na hora que mais precisamos de harmonia”, rebateu.

Em nenhum momento Teich fez qualquer crítica ou julgamentos ao presidente Jair Bolsonaro, apenas disse que as decisões do chefe do Executivo caberá “ao futuro”.

“Eu não estou aqui [para julgar], quem vai julgar o presidente é o futuro, não sou eu. O meu papel era traçar um caminho, eu dirigi aquilo e cheguei à conclusão que tínhamos posições diferentes, mas não vou julgar ninguém aqui”, completou o ex-ministro.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar