A mensagem enviada ao STF por um advogado, através do celular de Roberto Jefferson, apreendido hoje pela PF

Hoje o ministro Alexandre de Moraes atacou novamente os críticos do STF através do inquérito da censura (incorretamente nomeado como inquérito das fake news), tendo o ministro ordenado a apreensão de telefones e computadores de várias pessoas públicas que possuem a coragem de dizer o que pensam do STF.

Dentre essas pessoas está o Presidente do PTB, sr. Roberto Jefferson, que nos últimos meses fez várias críticas públicas ao STF e desmascarou o plano de tentativa de derrubada do Presidente Bolsonaro, ajudando o país pela segunda vez, já que foi ele quem desbaratou o esquema do mensalão do PT em época que sequer existia os benefícios da delação premiada.

Em vista dessa apreensão inconstitucional, aproveitei para mandar um recado aos ministros do STF por meio de uma mensagem que deixei gravada no whatsapp de Roberto Jefferson. Vejam a mensagem abaixo

"... POR FIM, SE ESTE TELEFONE ILEGALMENTE APREENDIDO CHEGAR NAS MÃOS DOS MINISTROS DO STF, SAIBAM QUE A GRANDE MAIORIA DO POVO TEM VERGONHA DOS SRS, SUSPEITAM DE PRATICAMENTE TODAS AS DECISÕES PROFERIDAS, ACREDITAM QUE A MAIORIA DOS MINISTROS AGEM POLITICAMENTE, IMAGINAM QUE ALGUNS MINISTROS DO STF ATUAM COMO BANDIDOS E QUE O POVO GOSTARIA DE VER A MAIORIA DOS MINISTROS DO STF PRESOS. ATT, PIERRE LOURENÇO, ADVOGADO DE CURITIBA."

Pierre Lourenço. Diretor Jurídico do Instituto Nacional de Advocacia – INAD

da Redação

Comentários