Aras reage contra Alexandre de Moraes e pede suspensão imediata do inquérito (veja a íntegra do documento)

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, acaba de ingressar com uma medida judicial requerendo a suspensão imediata do denominado "inquerito das fake news".

A análise será feita pelo ministro Edson Fachin,

Aras fez o pedido no âmbito de uma ação do partido Rede que questiona o inquérito. Fachin é o relator do caso.

No pedido, o PGR cita uma manifestação feita por ele mesmo, no último dia 19, ao ser informado sobre a possibilidade das ações autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes e realizadas hoje (27).

Veja a íntegra da petição da PGR:

da Redação

Comentários