Em discurso histórico, Bolsonaro dispara: “Foi o último dia triste, chegamos no limite” (veja o vídeo)

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, fez um discurso forte e histórico na manhã desta quinta-feira, 28, em frente ao Palácio da Alvorada.

Bolsonaro detonou a determinação autoritária do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que teve o objetivo de censurar jornalistas, políticos e inclusive um humorista.

“Mais um dia triste na nossa história. Mas o povo tenha certeza, foi o último dia triste”, disse o presidente.

O chefe do Executivo disse que é inadmissível o que aconteceu e reiterou que não teremos outro dia igual a este.

“Repito, não teremos outro dia igual ontem. Chega. Chegamos no limite. Estou com as armas da democracia na mão. Eu honro o juramento que fiz quando assumi a presidência da República”, exclamou.

Confira a íntegra do discurso:

da Redação

Comentários