Era uma vez uma CARTEIRADA

Zé da Silva morava em um flat muito confortável no Edifício Lagosta Palace. A vida ia bem, não fosse pelo fato de Zé (que realmente era um sujeito meio esquentado) ter um péssimo relacionamento com o vizinho do apartamento ao lado, um juiz chamado Alexandre de Moreira.

Um dia, o oficial de justiça bateu na porta do Zé para intimá-lo.

Zé da Silva descobriu espantado que estava sendo processado por crime de ameaça.

A intimação dizia que, em determinado dia, Zé teria ameaçado de morte seu vizinho Alexandre.

Dizia ainda que ele teria que comparecer ao Fórum no dia tal, para a audiência de julgamento.

No dia marcado, Zé foi ao Fórum para a audiência, junto com seu advogado (por sorte era seu primo, não cobrou). Quando entra na sala de audiência, olha para a cadeira do juiz e reconhece o sujeito sentado nela.

Era seu vizinho Alexandre de Moreira.

FIM

(O Jornal Nacional anunciou hoje que dentre os crimes investigados pelo estranho inquérito presidido por um ministro do Supremo, estão ameaças de morte contra... ministros do Supremo).

Marcelo Rocha Monteiro. Procurador de Justiça

Comentários