assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Em mais uma aberração, mulher humilhada e algemada em Araraquara virá ré perante a Justiça (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Tempos sombrios.

Uma mulher que estava solitária em uma praça de Araraquara, no interior de São Paulo, foi violentamente agredida e algemada, sob a justificativa do isolamento social.

Uma covardia que indignou o país.

A mulher estava sozinha, ao ar livre, sem oferecer nenhum risco a ninguém.

A ação da guarda municipal, além de violenta e absolutamente desnecessária, é injustificável.

Porém, não foi esse o entendimento do promotor de Justiça de Araraquara que ofereceu uma esdrúxula denúncia, nem do juiz da comarca, que recebeu a denúncia.

Os guardas municipais, por sua vez, foram isentados de qualquer atitude arbitrária e ilegal e a mulher irá responder criminalmente.

É a mais completa inversão de valores.

Veja o vídeo:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários