O crime compensa e a democracia é desprezada em nome de uma "demo-cracia"

Nos EUA:

Um policial, que por regra tem que servir e proteger, mata um homem asfixiado.

A plateia assiste, filma e nada faz.

A cidade vira o caos e bandidos roubam lojas, tacam fogo em prédios, agridem inocentes, e ainda assim, idiotas pelo mundo aplaudem.

No Brasil:

Homens e mulheres num ato de paz, sem nenhuma violência ou depredação, saem em defesa da democracia.

A mídia os chama de anti-democráticos.

Vagabundos, criminosos e vândalos saem espancando pessoas na rua, pois querem que um presidente eleito democraticamente caia. Tais "manifestantes" não admitem que ninguém pense diferente.

A mídia os chama de democratas.

Enquanto isto os idiotas continuam aplaudindo.

Enfim, a imbecilidade realmente é globalizada.

O crime compensa e a democracia é desprezada em nome de uma "demo-cracia".

Os fascistas acusam os inocentes daquilo que eles fazem e pregam.

O mundo está à beira do abismo.

A ignorância nunca, mas nunca na história, foi tão difundida. Não há hoje outro inferno maior para o homem do que a estupidez ou a maldade dos seus semelhantes.

Triste mundo burro e mau.

Os idiotas aplaudem! Eles não cansam.

Texto publicado originalmente na página parceira Toca do Lobo.

Visite à página Toca do Lobo

Comentários