General Ramos pede respeito e amor à pátria ao decano Celso de Mello

Uma mensagem do general Luiz Eduardo Ramos encurrala ainda mais o ministro Celso de Mello.

A situação parece insustentável.

Mesmo assim, outros ministros do STF, segundo o site O Antagonista, entendem que a mensagem de Celso de Mello não o torna suspeito ou impedido para continuar atuando em procedimentos contra o presidente Bolsonaro.

Parece piada.

O sujeito comparou o Brasil com a Alemanha de Hitler e desrespeitou a figura do chefe da nação.

Não é suspeito? É o que?

Eis a manifestação do general:

“Comparar o nosso amado Brasil à “Alemanha de Hitler” nazista é algo, no mínimo, inoportuno e infeliz. A Democracia Brasileira não merece isso. Por favor, respeite o Presidente Bolsonaro e tenha mais amor à nossa Pátria! Bandeira do Brasil!”.

Está perfeita, comedida e em bom tom.

Agora, falta a ação.

Celso de Mello precisa ser afastado.

da Redação

Comentários