Enfim, surge no STF uma voz contra Celso de Mello: “Precisamos de bombeiros, não de incendiários” (veja o vídeo)

Surge ao menos uma voz dissonante no Supremo Tribunal Federal (STF), condenando o ministro Celso de Mello.

O ministro Marco Aurélio Mello fez críticas diretas ao decano da Corte.

Ele afirmou que não concorda “em nada” com a mensagem do colega veiculada no fim de semana.

“Precisamos não de incendiários, mas de bombeiros. E não concordo em nada com o que veiculado pelo ministro Celso de Mello.”

Esse posicionamento pode ser um indício de que a corte máxima do país caminha para se esfacelar.

De fato, é inconcebível que declarações como a de Celso de Mello não produzam, tão-somente, um efeito destruidor.

De imediato, ele precisa ser afastado de todos os casos que envolvam o presidente Jair Bolsonaro.

Só assim, essa crise intitucional poderá começar a ser contornada.

Veja o vídeo:

Fonte: Jota

da Redação

Comentários