Se tentarem o impeachment ou cassação da chapa, Bolsonaro vai reagir, alerta jurista (veja o vídeo)

Mentes doentias estão sendo usadas para derrubar o presidente, diz o jurista Henrique Quintanilha.

Em entrevista à TV Jornal da Cidade Online, Quintanilha afirma que nunca viu, em seus 20 anos no ramo do Direito, como advogado e professor, casos como os que estão acontecendo no Brasil.

“É muito grave o que tem acontecido. O STF tem diversas atribuições, e isso acontece porque a Constituição brasileira também é muito grande. Após o período militar houve a necessidade de construir uma Constituição que abarcasse muitos direitos. Fala-se até que tem muitos direitos e poucos deveres. Não se previu, de outro lado, certos mecanismos para evitar abusos de poder”, explicou o jurista, que entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República contra o ministro Celso de Mello, do STF, por suposto crime de abuso de autoridade ao retirar o sigilo da reunião ministerial.

Para Quintanilha, a corda está sendo esticada ao limite desde o início do mandato do presidente Bolsonaro, eleito com quase 58 milhões de votos, em uma eleição que ocorreu de forma limpa. No entanto, pessoas comunistas, infiltradas, estão fazendo de tudo para tirá-lo do poder.

“Se tentarem abrir o impeachment contra ele ou tentar fazer a cassação da chapa, no TSE, o presidente vai reagir, como ele prometeu, junto com as Forças Armadas, não digo golpe, mas no sentido de mediação, para que os poderes voltem aos seus devidos lugares”, completou.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários