A "armadilha" que pode favorecer a "Censura" (veja o vídeo)

Pode rir, mas não perca o foco

Depois de tudo que Joice Hasselmann fez contra Bolsonaro, é quase impossível não achar legal vê-la denunciada por ter um "gabinete de ódio".

No entanto, isso cria uma armadilha. Ao desfrutar desse prazer, você reforça a narrativa que criminaliza memes e ativismo político de internet, mesmo sem querer.

Como os fatos ainda não foram apurados, nada garante que não seja uma armação (com base verdadeira ou falsa) contra ela, para descartá-la, ou dela mesma, para posar de vítima e sair por cima depois. Ou será que ex-assessores resolveram fazer essa denúncia assim “do nada”?

Verdade ou mentira, armação ou não, a discussão com os termos criados pelo adversário favorece aos que desejam as leis de censura e controle de mensagens privadas.

O foco deve ser na luta por liberdade e usar o episódio para anular CPMI e o inquérito de fake news, bem como desconstruir a narrativa que dá base a tudo isso.

Confira:

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

Comentários