A que ponto chegou Moro? Agora virou colunista de O Globo…

Sérgio Moro, um nome até pouco tempo respeitado pelas pessoas de bem e temido por marginais, agora praticamente virou uma caricatura, um símbolo de 'traição'…

Um triste fim para o homem que foi um dos ícones na batalha incessante contra a corrupção no Brasil.

Após decidir sair do Governo Federal, Moro acaba de fazer sua mais nova opção. Agora é colunista justamente de um dos veículos que mais faz odiosos ataques contra o governo, o jornal O Globo.

Moro é o mais novo integrante da 'mídia do ódio'.

Na última quarta-feira, 3, a coluna do ex-ministro trouxe um artigo intitulado: “Contra o populismo”.

Ao longo do texto, o ex-juiz da Lava Jato aproveita para discorrer alguns pontos das acusações que ele lançou recentemente contra o presidente Jair Bolsonaro.

“Os órgãos policiais, por exemplo, encarregados de apurar crimes, por vezes, dos próprios governantes, não podem ficar sujeitos ao arbítrio do mandatário de ocasião”, escreveu Moro, sem citar o nome do presidente.

O ex-ministro ainda vai além...

“O populismo, com lampejos autoritários, está escancarado. [...] Não há espaço, porém, para ameaçar o país invocando falso apoio das Forças Armadas para aventuras”, diz Moro atacando o governo.

Triste isso. Injusto e ingrato.

Mudou de lado?

Ou mostrou quem realmente sempre foi?

da Redação

Comentários