Com a corda no pescoço, Witzel agora quer volta de diálogo com Bolsonaro (veja o vídeo)

Nesta terça-feira, 9, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou em entrevista à rádio BandNews, que espera deixar de lado as diferenças com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Ao ser indagado se havia desistido de ‘bater de frente’ com Bolsonaro após ser alvo de operação da Polícia Federal (PF), Witzel estranhamente mostrou-se favorável a uma reaproximação com o presidente.

“Espero que, como eu já tenho dito, o presidente possa retomar o diálogo comigo. Isso é bom para o estado do Rio de Janeiro. Isso é bom para o Brasil”, disse o governador.

Segundo Witzel, o Rio tem muitos problemas e soluções para serem apresentados ao presidente.

“Eu continuarei crítico de forma respeitosa, como sempre fui, e espero que o presidente possa me receber para que a gente possa conversar e encontrar juntos as soluções”, afirmou.

Agora que o cerco se fechou e a corda está no pescoço, Witzel tenta uma aproximação… O que está tramando?

Confira:

da Redação

Comentários