Indícios apontam que militante mentiu e foi ao Alvorada a mando do MBL (veja o vídeo)

A militante Cristiane Bernart, servidora do gabinete do vereador Fernando Holiday, um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL), foi ao Palácio da Alvorada, com o objetivo de proferir ataques ao presidente da República Jair Bolsonaro, na manhã desta quarta-feira, 10.

Tudo encomendado. Coisa de atriz. Pura e infame encenação.

Em entrevista à imprensa, Cristiane afirmou que estava em Brasília para visitar amigos e aproveitou para ir ao Alvorada.

“Eu vim visitar uns amigos e aproveitei que já estava aqui. Eu não conhecia aqui o Alvorada, aproveitei e vim”.

Confira:

Entretanto, algo específico chamou a atenção.

Renan Santos, um dos líderes do malfadado MBL vibrou com a manifestação de Cristiane e disse ‘está só começando’.

Vamo pra cima desses vagabundos. Relaxa gado, está só começando!”, escreveu Renan, em suas redes sociais.

E ainda prosseguiu:

Nossa primeira surpresa do dia pro Jair.”

Confira:

Como a militante é funcionária pública, nesta quarta, um dia normal, deveria estar trabalhando.

O memorando expedido por Holiday, explica que Cristiane estava dispensada para participar de uma “manifestação pública de caráter político”.

Confira:

O documento diverge do que a militante afirmou.

O MBL parece está por trás de mais esta safadeza.

É lamentável.

da Redação

Comentários