“DÓRIA I, Imperador de São Paulo”

O Governador João Doria está cada dia mais agindo e se comportando como se o Estado de São Paulo fosse um país independente, separado do Brasil, com soberania territorial e ampla autonomia (administrativa e política).

Se é verdade que em uma Federação o poder não é UNITÁRIO e CENTRALIZADO nas mãos do Presidente ou Monarca, também não é menos verdade que os Estados-Membro não são “micro-países” dentro do território da mesma Nação Soberana. O modo de Dória governar deturpa a Federação.

Desde antes da sua fundação como país, ainda no período colonial, que o Brasil manteve praticamente ÍNTEGRO e HÍGIDO o seu território, com todo o seu traçado original. À exceção de uma ou outra disputa, nunca teve problemas em questões separaristas e sucessórias.

Portanto, alguém avisa para o Governador que São Paulo é BRASIL, e que os paulistas e paulistanos são BRASILEIROS. Ele, Dória, não pode achar que não se sujeita ao Governo Federal, ou ao Poder da União.

Comentários