DitaDoria sai em defesa do STF e, pasmem, contra a "ditadura" (veja o vídeo)

O governador de São Paulo, João Doria, saiu em defesa do Supremo Tribunal Federal (STF), e seus ministros. Segundo o mandatário paulista, os “saudosistas da ditadura já perderam”.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, nesta segunda-feira, 15, o governador reiterou sua “solidariedade” ao STF.

“Ontem manifestei o Twitter apoio e solidariedade ao Supremo Tribunal Federal e a seus ministros. Quero dizer aos saudosistas da ditadura que vocês já perderam”, disse Doria.

O governador ainda afirmou que o Brasil não será uma ditadura “fascista, nem proletária”.

“Brasil não vai virar Venezuela, Bielorrússia ou Cuba. Nem ditadura fascista, nem proletária. A maioria dos brasileiros quer democracia, e a maioria saberá derrotar os extremistas”, salientou.

Doria perdeu totalmente a vergonha na cara.

Age como ditador, afronta o presidente da República e, oportunisticamente, bajula o STF.

Certamente, com tal atitude, tenta aliviar sua situação penal que poderá se complicar em breve.

Há que diga que o "Covidão" logo chega em São Paulo.

Confira:

da Redação

Comentários