Filha de deputada do PCdoB recebeu auxílio emergencial, parlamentar pede desculpas e devolve a grana

A estudante de 21 anos de idade Eduarda Brito de Paula Rodrigues se inscreveu e recebeu o auxílio emergencial do Governo Federal, pago a pessoas em situação de vulnerabilidade social, em função da pandemia do Covid-19.

A moça é filha de uma deputada estadual do PCdoB cearense e, evidentemente, recebeu os recursos de maneira indevida.

Após o caso repercutir nas mídias sociais, a deputada comunista Augusta Brito pediu desculpas e devolveu o dinheiro.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (15), a deputada disse que a filha está ‘profundamente arrependida’.

Augusta Brito afirmou ainda que ficou sabendo do caso no domingo (14) a partir da repercussão na imprensa. "Logo que soube do fato conversei com ela, que reconheceu e assumiu prontamente o erro. Para mim foi uma triste surpresa, mas também um fato que gerou muitos aprendizados dos dois lados", ressaltou.

A deputada disse ainda que ficará "ainda mais vigilante" na orientação dos atos dos filhos enquanto mãe, e que o dinheiro foi devolvido integralmente.

O exemplo vem de casa.

Resta saber quais foram os 'aprendizados' que ficaram diante de atitude tão sórdida.

da Redação

Comentários