É impressionante, Joaquim Barbosa "profetizou" e alertou o país no que se tornaria o STF (veja o vídeo)

Joaquim Barbosa alertou o país. Consternado, ele anteviu o que ora acontece em nosso Supremo Tribunal Federal.

O dia da fatídica "profecia" foi 27 de fevereiro de 2014. O tribunal naquela ocasião formou maioria para reverter a posição tomada na corte em 2012 e absolver do crime de formação de quadrilha oito condenados no processo do mensalão do PT.

Na ocasião, o novo entendimento do STF foi formado com os votos de dois ministros que não haviam participado do julgamento anterior. Teori Zavascki e Luis Roberto Barroso. Ambos criticaram as penas estabelecidas pelo Supremo e, por isso, votaram por absolvições.Barbosa, que foi relator do caso do mensalão no julgamento principal, alertou que foi formada uma "maioria de circunstância" para inocentar os acusados.

"Temos uma maioria formada sob medida para lançar por terra o trabalho primoroso desta Corte no segundo semestre de 2012. Isso que acabamos de assistir. Inventou-se um recurso regimental totalmente à margem da lei com o objetivo específico de anular a reduzir a nada um trabalho que fora feito."

O então presidente do STF prosseguiu e fez uma declaração bombástica:

“Sinto-me autorizado a alertar a nação brasileira de que esse é apenas o primeiro passo. É uma maioria de circunstância que tem todo o tempo a seu favor para continuar sua sanha reformadora."

O tempo, infelizmente, mostrou que Joaquim Barbosa estava certo…

Confira:

Fonte: G1

da Redação

Comentários