Fátima Bernardes: "Deixo a vida me levar", feminista, a favor da liberação das drogas e do aborto

A apresentadora da TV Globo Fátima Bernardes, em recente entrevista, afirmou que é favorável a liberação das drogas e do aborto, além de se qualificar como "feminista”.

Sem meias palavras, Fátima disse:

“É um assunto com prós e contras, mas sou a favor da legalização [das drogas]. Além de frear o tráfico e diminuir a violência, facilitaria o uso medicinal da maconha, um tema que enfrenta preconceito.”

Não obstante dizer que nunca utilizou qualquer droga, a apresentadora declarou que ‘acredita firmemente no direito de escolha das pessoas para sua própria vida’.

Indagada sobre aborto, Fátima respondeu no mesmo tom:

“Sou [a favor], pelo mesmo motivo. Pessoalmente, com a estrutura que sempre tive em família, não faria. Mas ninguém tem o direito de decidir sobre as opções do outro.”

Não bastando, Fátima ainda disse, com orgulho, que é “feminista”.

“Sou feminista, sim, por ter lutado por meus espaços desde sempre”, afirmou.

Fátima Bernardes, uma senhora de 57 anos, mãe de trigêmeos, apresentadora de um programa que já fez 'apologia às drogas' em horário matinal, quando crianças certamente estavam assistindo…

Uma lamentável vergonha, digna da Rede Globo.

Fonte: Revista Veja

da Redação

Comentários