Chapa Bolsonaro-Mourão vence a primeira batalha no TSE

Nesta terça-feira, 23, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) arquivaram uma ação da Justiça Eleitoral que investigava suposto “abuso do poder econômico”, por parte da chapa do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do vice-presidente Hamilton Mourão, por supostamente utilização “dezenas” de outdoors durante campanha presidencial.

A ação pedia a cassação da chapa, eleita em 2018.

A decisão foi por unanimidade, com os ministros do TSE decidindo pelo arquivamento o processo.

A ação foi apresentada pela coligação petista que apoiava a candidatura de Fernando Haddad, derrotado por Bolsonaro no segundo turno da eleição.

Segundo o presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso, faltavam elementos que fizessem conexão entre os pré-candidatos e atos ilícitos.

da Redação

Comentários