O politicamente correto está matando a arte (veja o vídeo)

Entrevista com Luciano Cunha, criador de O Doutrinador

Você sabia que existe um herói dos quadrinhos que caça políticos corruptos? A TV Jornal da Cidade Online conversou com o quadrinista Luciano Cunha, criador do personagem O Doutrinador, que está fazendo muito sucesso e já virou série e filme.

“Sempre fui muito politizado, desde cedo, e essa coisa de ficar revoltado e indignado com nossa classe política era mais do que natural. Eram tantos escândalos, um atrás do outro, que eu quis botar para fora essa indignação e criei O Doutrinador, em 2008. O lúdico que o quadrinho nos dá, já que a gente não pode, claro, fazer justiça com as próprias mãos. Isso foi reverberando para outras pessoas, por isso o personagem sempre teve muito potencial”, explicou o artista.

O Doutrinador x ministro do STF?

E tem até um personagem inspirado em um famoso ministro do STF, ou seja, Luciano Cunha não tem medo de criar polêmica.

“O Doutrinador sempre foi muito polêmico desde o início. Para você ter uma ideia, na época não tinha redes sociais como a gente tem hoje, eu mandei o material para 14 editoras no Brasil e 11 me responderam que tinham gostado, mas que tinham sido orientadas pelos seus advogados a não publicar, porque ia dar problema. Quando eu começo a me autopublicar pelas redes sociais, em 2013, por conta da força do personagem, de enfrentar figurões da política brasileira, ele ganhou muita relevância”, relembra Cunha.

O politicamente correto está matando a arte

O quadrinista revela que a Marvel Comics e DC Comics, que são as editoras que detém os direitos dos heróis mais queridos da história, estão vendendo cada vez menos quadrinhos.

“O politicamente correto e a agenda progressista que a Marvel Comics e a DC Comics implementaram nos quadrinhos nos últimos seis anos, derrubaram as vendas. As tramas mudaram tanto que perderam os fãs antigos e não conseguem trazer a galera nova para comprar”, aponta o artista.

Siga O Doutrinador no Instagram:

https://www.instagram.com/odoutrinadoroficial/?hl=pt-br

Siga a editora de quadrinhos Super Prumo, a nova casa de O Doutrinador:

https://www.instagram.com/superprumo/

da Redação

Comentários