O poder emana do Povo e esse poder sim, é sigiloso, secreto

Sim, vamos ter que votar esse ano de 2020 em nossos municípios. É obrigatório, lembra? Caso fosse facultativo, os políticos teriam de trabalhar mais, estarem mais próximos e fazer mais para tirar o povo de casa, em um domingo, enfrentar fila para escolher dentre esses políticos, um para votar. Pois é...

Então, temos um lado bom para explorar, em especial esse ano. Aproveitemos a oportunidade das eleições que devem acontecer em novembro - devido a pandemia - e mandar um grande e sonoro grito de alerta para os governantes das esferas Federais e Estaduais.

Mas como começar esse grito para que nos ouçam?

Que tal começarmos pela escolha do Partido Político? Isso mesmo: vendo sua história, o que fez para seu estado, cidade, bairro e comunidade; em que esse partido está ajudando na esfera Federal.

Sim, Federal e Estadual, pois muitos candidatos serão novatos no meio e sabemos que as ordens vêm de cima. Ver também se o Partido recusa as ajudas financeiras que saem de nossos bolsos para concorrer ao cargo que nós teremos de pagar; além de verificar se esse Partido é alinhado com suas ideias, vontades e pensamentos. Afinal, não podemos esquecer que será o partido que determinará as vontades de seu candidato.

Em sequência temos que ver no Partido quem melhor vai nos atender como cidadãos, o Candidato! É aí que corremos os riscos de errar. Muitos votam em candidatos com um rosto bonito, jovens, com dinheiro, performances nas mídias, pela profissão que ocupam ou até por pagarem uma dentadura.

Lembremos que nosso país está assim por muitos terem votados com esse pensamento, e creio que não preciso falar o resultado. Médicos, juízes, donos de canais em mídias sociais, amiguinhos da rua ou do bairro não são ótimos gestores públicos só por terem esses cargos.

Tivemos grandes e decepcionantes exemplos em nível federal e estadual.

Sugiro que busquemos conhecer as ideias, trabalhos, amigos, colegas e principalmente o caráter do candidato, afinal nem sempre quem diz que você está bonito ou fala o que você quer ouvir está sendo verdadeiro, pode ser só alguém em busca de aventura.

Atentem para o que falei antes, é o Partido que vai determinar a música que o candidato vai dançar.

Comece agora sua pesquisa e veja “tudo” dos seus escolhidos nos últimos 4, 6, 8 anos, pois é sabido que “uma casa que vai receber visitas esconde coisas ruins e sujeiras para não serem vistas”, situação que pode ser percebida quando o pleito estiver mais próximo.

Começando com essas atitudes pode ter certeza, que por meio natural e democrático, nosso “Grito de alerta” ecoará em todos os lugares do país. Muitos colocarão suas “barbas de molho”. São muitos que levantam uma bandeira para maquiar um poder sanguinário, e o conservador esqueceu o que ele era. Desperte a razão que está dentro de você.

O poder emana do Povo e esse poder é sigiloso, secreto. Vote certo!

Claiton Appel

Jornalista. Diretor da Ordem dos Jornalistas do Brasil.


Comentários