A quarentena e a ingerência de alguns canalhas, que alimentam o pânico e tiram proveito da situação

Vamos esclarecer o básico: O objetivo da quarentena nunca foi que as pessoas não ficassem doentes; foi apenas para que as pessoas não ficassem doentes TODAS AO MESMO TEMPO e, assim, colapsassem o sistema de saúde. "Achatamento da curva", lembram? Imunização sem contágio somente com a vacina. E esta, na mais otimista das hipóteses, só fica pronta em Dezembro. Acredito que qualquer pessoa com o mínimo de sanidade mental concorda que é IMPOSSÍVEL manter o país parado até dezembro.

Pois bem, estamos hoje no 125º dia do primeiro caso confirmado; a arrecadação caiu 26%, mais de um milhão de empresas fecharam e temos mais desempregados do que podemos calcular. O quadro econômico ainda tende a piorar (e muito). Grande parte dos milhares de empresários que estão contraindo dívidas, para manter seus negócios abertos, acabarão fechando as portas. A crise que nos espera não vai ser brincadeira. E quanto mais demorarmos para retornar à normalidade, maior será o impacto.

Moro em uma cidade de serra, que tem no turismo a sua principal fonte de arrecadação. São milhares de empregos gerados em uma rede com dezenas de hotéis. Como qualquer localidade montanhosa, nossa principal estação é o inverno. O prefeito tucano, então, decidiu que só reabrirá a cidade em 01 DE AGOSTO, depois do fim da temporada!

Se economicamente, hoje, já somos a cidade mais afetada do Sul de Minas, com 5 mortes e 3.000 DESEMPREGADOS, imaginem como será depois de um inverno sem turistas. Além dos hotéis de portas fechadas, bares, restaurantes e comércios em geral sentirão profundamente as consequências da cidade vazia na época de maior lucratividade.

Cidades com o mesmo perfil, como Gramado e Campos do Jordão, já reabriram. Poços de Caldas, com uma taxa de infecção de 0,1% e somente 10% dos leitos ocupados, continua fechada, com barreiras em todas as saídas e estradas vicinais bloqueadas com manilhas de concreto e montes de terra, além de obrigatoriedade do uso de máscaras até para andar nas ruas praticamente vazias.

Assim como a minha cidade, sei que muitas outras estão sofrendo as consequências da ingerência destes CANALHAS, que estão alimentando o pânico no povo e tirando proveito da situação.

A culpa da crise não será do Presidente. No dia 15 de Abril, inclusive, o STF deu toda a autonomia para os prefeitos e governadores ignorarem as diretrizes federais e tomarem atitudes locais. Se os municípios, as menores células da Federação, não estiverem funcionando bem, é IMPOSSÍVEL que o país funcione.

Por isso, deixo aqui o apelo: Nestas eleições, PENSEM MUITO BEM antes de elegerem os próximos prefeitos e vereadores. Lembrem-se do estrago que um DESPREPARADO pode fazer no comando de uma cidade, principalmente quando é fiscalizado por legisladores OMISSOS e CONIVENTES.

LAVEM AS MÃOS E ABRAM OS OLHOS.

"Nenhum homem é bom o bastante para governar os outros sem seu consentimento." (LINCOLN, Abraham)

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

Comentários